sábado, outubro 31, 2009

O Primo Basílio


The Kiss - Odd Nerdrum


Nunca achara Basílio tão bonito; o quarto mesmo parecia-lhe muito conchegado para aquelas intimidades da paixão: quase julgava possível viver ali, naquele cacifro, anos, feliz com ele, num amor permanente, e lunchs às três horas… Tinham as pieguices clássicas: metiam-se bocadinhos na boca: ela ria com os seus dentinhos brancos: bebiam pelo mesmo copo, devoravam-se de beijos – e ele quis-lhe ensinar então a verdadeira maneira de beber champanhe. Talvez ela não soubesse!
- Como é? – perguntou Luísa erguendo o copo.
- Não é com o copo! Horror! Ninguém que se preze bebe champanhe por um copo. O copo é bom para o Colares…
Tomou um gole de champanhe, e num beijo passou-o para a boca dela. Luísa riu muito, achou «divino», quis beber mais assim. Ia-se fazendo vermelha, o olhar luzia-lhe.
Tinham tirado os pratos da cama; e sentada à beira do leito, os pezinhos calçados numa meia cor-de-rosa pendiam, agitavam-se, enquanto um pouco dobrada sobre si, os cotovelos sobre o regaço, a cabecinha de lado, tinha em toda a sua pessoa a graça lânguida de uma pomba fatigada.
Basílio achava-a irresistível: quem diria que uma burguesinha podia ter tanto chique, tanta queda? Ajoelhou-se, tomou-lhe os pezinhos entre as mãos, beijou-lhos; depois, dizendo muito mal das ligas «tão feias, com fechos de metal», beijou-lhe respeitosamente os joelhos; e então fez-lhe baixinho um pedido. Ela corou, sorriu, dizia: - Não! Não! – E quando saiu do seu delírio tapou o rosto com as mãos, toda escarlate, murmurou repreensivamente.
- Oh, Basílio!
Ele torcia o bigode, muito satisfeito. Ensinara-lhe uma sensação nova: tinha-a na mão!
Só às seis horas se desprendeu dos seus braços. Luísa fez-lhe jurar que havia de pensar nela toda a noite: - não queria que ele saísse; tinha ciúmes do Grémio, do ar, de tudo! – E já no patamar voltava, beijava-o, louca, repetia:
- E amanhã mais cedo, sim?, para estarmos todo o dia.
- Não vais ver a D. Felicidade?
- Que me importa a D. Felicidade! Não me importa ninguém! Quero-te a ti! Só a ti!
- Ao meio-dia?
- Ao meio-dia!


in “O Primo Basílio” – Eça de Queirós

12 comentários:

purita disse...

tás a gostar?:)

JFDourado disse...

Quase, quase a acabar.
Muito bom! :)

Berta disse...

li este livro tinha 15/16 anos e ainda hoje me recordo destes encontros! :)*

JFDourado disse...

Os encontros no Paraíso... :)*

Berta disse...

:D

Nirvana disse...

Acho que Eça tinha essa capacidade, de escrever para todos os tempos.
Jorge (se não estou a confundir), o sensato, Basílio, o egocêntrico. A segurança e a aventura. As diferenças sociais, a inveja, a futilidade,......
Já não me lembro de tudo, mas Basílio era uma rica peça!

Bjks

JFDourado disse...

Sim, sem dúvida. Os anos vão passando mas parece que nós, os portugueses, nos vamos mantendo sempre iguais, com os mesmo defeitos e as mesmas virtudes.
É verdade, o Basílio era um malandro... ;)*

Filipe Salgado disse...

lol... Já dizia Almada Negreiros "A grandeza de um povo mede-se pela sua história e pelas suas virtudes! Coragem portugueses, já só faltam as virtudes" (",)
Abraço

JFDourado disse...

Humm... quer me parecer que ainda vai ser precisa muita coragem... :D

Abraço

moriana disse...

E A Relíquia, já leste? Uma delícia...

JFDourado disse...

Não. O próximo que ler do Eça vai ser esse :)*

日月神教-向左使 disse...

成人論壇,080聊天室,080苗栗人,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人電影,成人遊戲,成人文學,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,正妹牆