quinta-feira, março 27, 2008

As nuvens

Vincent Van Gogh - Wheatfields Under Thunder Clouds

Quando era miúdo, sempre que podia, saia para o jardim. Adorava aquelas longas e quentes tardes de Verão deitado na relva fresca a observar as nuvens que passavam. Gostava de anotar no meu caderno de capa negra o que ia encontrando em cada uma delas. Um cavalo a galope. O D. Afonso Henriques de espada em punho a atacar os mouros. O rosto da bela Maria, minha colega de carteira da primária. O Gomes pronto a marcar mais um golo ao Benfica… Havia sempre um significado para todas. Hoje, no céu, vejo nuvens. Umas brancas, outras mais cinzentas, mas todas elas apenas nuvens. Quem me dera que não fosse assim. Se pudesse escolhia, em todas, ver-te a ti. Surgias num vestido de Sol debruado a Beijinhos do Mar. Entre os cabelos floriam graciosas Camélias vermelhas. E dezenas de Andorinhas guardariam os teus passos… Como posso esquecer-te, Amor? Porque partiste levando contigo toda a luz que me restava? Eram os teus lábios que me traziam as palavras mais doces. Nos teus braços encontrava o refúgio, o aconchego. E o calor do teu corpo moldado ao meu… Lá fora, numa dança sincronizada e alheios a tudo, estão os Girassóis. Da minha janela observo-os. Como giram devagar os Girassóis… E por cada nuvem que cruza o céu, nasce nos meus olhos uma lágrima pela tua ausência.

JFDourado – As nuvens – 27/03/2008

6 comentários:

Ana disse...

que palavras mais lindas:)

...a lágrima nasce, evapora-se, condensa, e... nuvem (outra vez)... saudade...

(o Gomes a marcar mais um golo ao Benfica?!? pfff... não podia ser apenas "pronto a marcar mais um golo" ??!? assim, sim! seria um texto perfeito;))*

Lis disse...

Porque os textos mais belos são os que saem do fundo do peito, mesmo que mintam...


Foi um prazer ler-te.

Andreia Ferreira disse...

Às nuvens segue-se sempre um céu limpo. Ainda que com tonalidades diferentes.
Muito bonito o texto!
Beijinho

JFDourado disse...

Ana:
E que golos que ele marcava! Contra o Benfica tinha sempre um sabor especial. Hoje já não é tanto assim. Afinal as águias, coitadas, já não dão muita luta…

:)

beijo


Lis:
Obrigado. É sempre um prazer ter-te por aqui.

:)

Beijo


Andreia Ferreira:
Isso é verdade, ainda que por vezes tarde um pouco.

:)

Beijo

luci disse...

... cores que se partem...

JFDourado disse...

Bem-vinda Luci.

:)